Caneca doida

IMG039

(ANTES DE COMEÇAR A LER, UMA SUGESTÃO: DÊ PLAY NO VÍDEO ABAIXO PARA LER COM TRILHA SONORA)

Poderia ter sido usada na minha formatura, mas não foi. Essa música poderia, sim, ter sido usada em algum curta dos roteiros que fiz, mas que nunca levei avante.

Poderia ter sido usada no meu casamento, que nunca houve (nem haverá). Poderia ter sido usada, quem sabe, nos clipes das minhas viagens, uma ou outra sozinha por aí.

Foi usada no carro, em uma outra madrugada solitária pelas ruas solitárias da capital solitária.

Mas poderia ter sido usada para algo mais coletivo. Sendo que ainda não o foi, quem sabe a usem no meu velório.

Ou melhor, no momento do meu enterro, eu já com moedas nos olhos frios, para ser entregue ao barqueiro.

Parece triste, mas não. Eis um ponto de vista apenas. Uma forma de expressão. Disse a mim, agora pouco, a coca-cola da minha caneca.

(por Marta)

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s