Cachorros fumantes nos campos de futebol

pebolim

O tempo em que o estádio de futebol comportava 100 mil pessoas. Ah, como era diferente. Mais cimento, mais gente, menos conforto, mais barulho.

Havia bandeiras. Muitas delas. E a gente viu gigantes em campo. Verdadeiros craques.

Eu vi o Müller e o Romário jogarem. Vi Rogério Ceni, Neto, Ronaldo e Ronaldinho. Vi o Mirandinha, o Dener (ou seria Denner?), vi o Mário Tilico e o Sidney, os últimos pontas do futebol brasileiro e, talvez, mundial.

Eu comia lanche de linguiça ou pernil na banca na frente do estádio. Parece que era melhor do que hoje. Não tinha celular nem câmera fotográfica na torcida. O momento era mais momento, mais vivido.

Eu vi tanto craque jogar. Vi a Marta e vi até o Maradona, de perto. E você, quem você viu?

(por Mike)

Foto: Divulgação/Nick Winchester

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s