Empreendedorismo dentro de casa

acougue

Empreender é algo que está em alta nas pautas de hoje. Nas famílias, no papo de bar, nos jornais. Pelo menos em São Paulo, em algumas capitais do Brasil e regiões criativas do País. Mas empreender nem sempre significa criar uma empresa, ganhar muito dinheiro ou inovar.

Há quem empreenda na própria carreira, dentro de uma empresa, dentro do próprio lar. Na própria religião, ou apenas na melhoria evolutiva.

E não precisa ser CEO para exemplificar isso. O açougueiro de uma loja do supermercado do lado de casa, na zona oeste da capital paulista, conta que está no cargo há 42 anos. E diz o motivo.

Segundo ele, “esse ramo não é para qualquer um”. “Tem que gostar para dar certo, e colocar a mão na massa com dedicação”, afirma. Ou seja, o mesmo discurso usado no empreendedorismo.

Nessa profissão, de acordo com o profissional do açougue, um novato precisa aprender muito e ser acompanhado de perto, pois caso contrário corre o risco de destruir as carnes.

Fica a dica para os churrasqueiros de primeira viagem. Afinal, eles são os que, geralmente, mais se gabam do trabalho com o objetivo de aparecerem para as garotas, dando uma de açougueiro também, muitas vezes bem amador.

(por Bárbara)

 

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s