Eu, fofoqueira?

manicure

Eu sou educada, fina. Moça de colégio. Trato todo mundo com educação. Mas eu vou te contar, aquele porteiro do prédio da minha tia é um filho duma puta! Ainda bem que não perco a paciência.

Aquele cretino assexuado foi falar pra minha tia que sou fofoqueira. Imagina! Só porque eu contei pra Aninha da academia – que também mora lá no prédio – que a mulher dele está trabalhando no apartamento do Givaldo. O cara ficou puto, pois o Givaldo é conhecido como velho comedor do condomínio. Veja só, bem, como é que ele poderia esconder que a mulher dele está labutando na casa do síndico?

Então, e esse porteiro cuzão ainda foi dizer pra minha tia que eu trouxe uns amigos no apartamento dela quando ela foi pra Roma, comprar umas roupas de férias. Pô, todo mundo dá festa no apê da tia quando ela viaja. Porteiro linguarudo morfético, filho da puta. O que ele tinha que se meter nisso?

Sabe, outro dia lasquei o pau naquelas gordas que levam aqueles pirralhos mal educados e filhinhos de papai na quadra. Os meninos fazem de tudo, de xingar os colegas a chutar as pessoas e os outros garotos do bem. Eles só têm 4, 5, 6 anos. Quando tiverem 15, 16, 17 certamente irão bater nos outros na balada, dar PT no carro do papai, atropelar gente na rua, botar fogo em mendigo. Sabe? E aquelas gordas nojentas só dão risada. Ficam lá, vadiando a tarde toda, enquanto seus maridos trabalham duro e comem as secretárias deles. Falei tudo isso pra ele, de boa, como que comentando apenas. Falando a verdade, sabe, bem?

E o porteiro ainda vem dizer que eu sou fofoqueira. Eu? Puta que pariu, né? A mulher dele que deve estar lá sofrendo com o Givaldo e o cara marca pesado no meu pé? Vá pentear macaco, porra!

O pior é que a tia Antônia ainda acredita no ‘coitado’. Aquele safado de botequim.

Ana (a manicure), você não sabe, querida! Mudando da água para o vinho, advinha quem vai mudar de lá do condomínio? A Ruth. Ela pegou o marido comendo uma mulher na cama deles. Foi maior barraco, nunca vi o pátio lá de baixo com tanto terno e gravata e cueca. Ela jogou tudo pela janela.

Cretina, né? Já pensou se pega na cabeça de uma criança?! Que filha da puta!

(por Mirtes)

Foto: Brith-Marie Warn (efeito/Cachorrosfumantes)

 

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

10 comentários sobre “Eu, fofoqueira?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s