Gotham City

gotham-city

(Minha cidade sob o meu ponto de vista)

Enquanto a polícia mete porrada em alunos e professores, há putas seminuas desfilando pelas ruas. Em algumas delas, escancaradamente. Ao meio de punks, góticos e até mesmo pagodeiros.

A cidade dos parques bonitos, das multidões, dos trens lotados, dos estádios de futebol cheios e dos desfiles de carros de filmes nas noites do Itaim.

Das calçadas ecléticas de arte e música, das calçadas tomadas por cadeiras de bares, moças e moços bonitos e bêbados de todos os clãs.

Cidade do trabalho, da falta de educação, da falsa solidariedade, do fechamento de escolas, de muitas, muitas igrejas. Cidade dos negócios.

Da pizza, do macarrão, do arroz com feijão.

Há hospitais cheios de gente, hospitais sem médicos. Cidade dos shoppings centers. Cidade do rock, do samba e da Fórmula 1.

Há gente saindo dos bueiros. Saindo e entrando. Vivendo por todos os lados – becos escuros e condomínios chiques ultra iluminados.

Há gente jogando baralho a dinheiro em casas chiques, senhores bebendo vinho com dinheiro público e suas senhoras viajando para a praia com garotões surfistas ou gastando galáxias de grana em roupas e cremes que nunca as deixarão bonitas. Nem aqui nem na China.

(por Mirtes)

Foto: Aldon Scott Mc Leod

 

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

3 comentários sobre “Gotham City

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s