O país do condicionador

cabelosdobrasil-Mutari

Analisar o desempenho em faturamento dos produtos de cuidados com os cabelos por categorias auxilia a visualizar o movimento do mercado e a identificar o que pode ser uma oportunidade – para fabricantes e comerciantes. Isso ajuda a traçar planos que, alinhados com as supostas tendências, podem trazer resultados positivos de negócios.

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), dentro do segmento de hair care no Brasil, os produtos 2 em 1 foram os que se destacaram mais nos últimos cinco anos: o faturamento mais que triplicou. Em segundo lugar, aparecem os produtos vendidos no salão, cujo faturamento mais que dobrou nesse período.

Na sequência das categorias que mais cresceram vêm os fixadores e modeladores, 75,6%, condicionadores, 61,1%, e xampus, 41,9%. Apenas os itens de tratamento para queda de cabelos registraram uma baixa, de 29,1%.

A categoria de condicionadores é a que fatura mais alto no Brasil em hair care, segundo a Abihpec. O faturamento foi de US$ 3,68 bilhões em 2014. Um dado curioso, segundo a associação, é que a cada cinco condicionadores vendidos no mundo, um é vendido no Brasil.

Segundo Ariane Marques, responsável pelo marketing de Hair Care & Color Care da Basf, o mercado brasileiro de produtos para cabelo tem um perfil de consumo singular: “Somos o maior consumidor de condicionadores do mundo, sendo esse produto responsável por 41% dos produtos cosméticos vendidos no País”.

Ariane afirma que esse dado reflete a preocupação e o cuidado que a mulher brasileira tem com o cabelo. “Dentre as principais tendências, hidratação e condicionamento intenso continuam sendo os benefícios mais procurados.”

grafico

(por Cachorros Fumantes)

Foto: Divulgação/Mutari

Matéria de Rodrigo Rezende, originalmente publica na revista H&C. Veja a completa aqui.

 

Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com

Anúncios

4 comentários sobre “O país do condicionador

  1. muita verdade… o condicionador se passa no comprimento dos cabelos, o shampoo só na cabeça mesmo. a mulher brasileira geralmente tem cabelão e muito cabelo..rsrs o condicionador sempre acaba antes!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s