Volume máximo (13 anos atrás)

leite-entrega

Pra pedir silêncio eu berro, pra fazer barulho eu mesmo faço”, diz a canção. Mas é isso mesmo, por que gritar?

O grito é uma manifestação do animal, do homem. O grito da torcida organizada, o grito de guerra, de liberdade.

Quem suporta o grito é herói, faz pacto com forças além-céu para admiti-lo. As meninas gritam mais, aposto.

Sintoma de histeria, quem sabe, esse fenômeno causa enjoo às vezes. Segundo Pífanos Barbeiro, poeta e garçom, “o grito é um desabafo bastardo, repugnante”.

“A pessoa que grita não tem tempo de pensar, antes faz uso da brutalidade”, explica o amigo.

No caminho de casa, após a conversa no bar, fiquei pensando na origem do universo. O silêncio da madrugada me cativava.

Como complemento ao momento de prazer e esquiva ao devaneio no qual me aprofundara, apontou na esquina a velha Kombi azul entregadora do leite, que quietinha fazia a sua ronda.

Por algum Cachorro Fumante, março/2003

 Somos um grupo secreto. Nosso objetivo é, secretamente, contribuir para fazer do mundo um lugar melhor. Somos todos personagens alter-egos do jornalista Rodrigo Rezende e mais algumas coisas. Para falar com ele, mande um e-mail para papelvegetall@hotmail.com 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s